Curso de Design de Interiores – Como é o curso, quanto custa e mais

Publicidade

O designer de interiores se forma sabendo que o mercado de trabalho é bastante abrangente e com muitas oportunidades profissionais. Para atuar nessa profissão é necessário se formar no curso de Design de Interiores. A formação tem duração de até 2 anos e ó oferecida de forma presencial, semipresencial e a distância por várias instituições de ensino superior.

Como as possibilidades de trabalho são diversas, o profissional pode trabalhar como CLT ou até mesmo como autônomo. O designer de interiores nada mais é do que um profissional responsável por aproveitar da melhor maneira possível os espaços.

Publicidade

Falaremos neste post sobre o curso tecnólogo de Design de Interiores, formação necessária para atuar e qual o salário médio no Brasil.

O que é um designer de interiores?

Quem faz o curso design de interiores se torna responsável por planejar e projetar diferentes tipos de espaços interiores, podendo ser residencial, comercial ou institucional. Também distribui todos os elementos focando na estética, conforto e segurança das pessoas que usarão aqueles espaços.

Curso Design de Interiores
Reprodução/Freepik

O designer de interiores não é um profissional que trabalha para que as coisas caibam em um determinado espaço, o verdadeiro proposito do designer é trazer o conforto e praticidade para as pessoas.

Veja abaixo outras características de um designer de interiores:

Publicidade
  • Ser muito organizado;
  • Dar destaque para as cores e combinações;
  • Gostar de desenhos;
  • Facilidades para recriar ambientes;
  • Olhar técnico e artístico;
  • Se interessar por iluminação, paisagismo e arquitetura.

Como é o curso de Design de Interiores

Para se tornar um profissional especialista em designer de interiores precisa realizar a graduação. O lado bom é que existem muitas faculdades que oferecem o curso através do EAD, gerando muito mais praticidade na hora de estudar.

O curso de Design de Interiores é tecnólogo, com duração média de dois anos.

Na Estácio, por exemplo, esse curso é composto pelas seguintes disciplinas:

  • Desenho de Observação;
  • Língua Portuguesa;
  • Metodologias de Projeto em Design;
  • Representação Gráfica e Desenho Universal;
  • Construção Digital e Representação;
  • Materiais e Revestimentos;
  • Mercado cultural, Formatos de capacitação e parcerias;
  • Teoria e Prática da cor;
  • Conforto Ambiental, Luminotécnica e Egonomia
  • História do Mobiliário e Design de Interiores
  • Interiores Residenciais
  • Representação Gráfica: Modelagem e Bim
  • Criação e Desenvolvimento de Mobiliário
  • Instalações Preiais (HIDR., Eletr e Espec.);
  • Interiores Comerciais e Corporativos;
  • Projetos de Instalações Efêmeras e Cenografia;
  • Ecodesign, Sustentabilidade e Inovação;
  • Paisagismo e Meio ambiente;
  • Projeto Integrado em Design de Interiores.

Quanto custa o curso

Segundo dados do site Guia da Carreira, o preço médio de um curso de designer de interiores é de R$ 1.250 por mês. Porém, existem outras faculdades com preço mais baixo, onde é possível realizar o curso com valor entre R$ 750 e R$ 900. O curso EAD é bem mais barato, tendo cursos que se iniciam em R$ 169,90.

O que faz um designer de interiores

A profissão de designer de interiores é regulamentada pela LEI 13.369, de 2017. Segundo a própria lei destaca, as principais atividades de um designer são:

Estudar, planejar e projetar ambientes internos existentes ou pré-configurados conforme os objetivos e as necessidades do cliente ou usuário, planejando e projetando o uso e a ocupação dos espaços de modo a otimizar o conforto, a estética, a saúde e a segurança de acordo com as normas técnicas de acessibilidade, de ergonomia e de conforto luminoso, térmico e acústico devidamente homologadas pelos órgãos competentes. 

Publicidade

Onde o designer pode atuar

Como a própria lei destaca, o designer de interiores é um profissional muito versátil, ou seja, ele tem muito mais oportunidades de trabalho do que outros profissionais. Além disso, o mercado atual para esse profissional é considerado bom, sendo mais um atrativo para você também realizar o curso e se tornar um designer qualificado.

Com o aumento do preço do metro quadrado nas grandes cidades, os apartamentos e residências são cada vez menores em virtude do alto preço. Por conta disso, o designer vem ganhando espaço para projetar esses espaços pequenos para um melhor aproveitamento do metro quadrado.

Veja abaixo outros serviços que o designer pode realizar:

  • Paisagismo: o designer pode atuar com o planejamento e elaboração de projetos para áreas externas, como terraços, jardins ou varandas;
  • Decoração: planejamento de locais interiores visando uma melhor estética e aproveitamento dos espaços;
  • Desenhar móveis: o profissional também pode atuar com a projeção de móveis personalizados para ambientes específicos;
  • Gestão e desenvolvimento: o profissional pode atuar com o planejamento e gestão de projetos relacionado;
  • Consultoria: por fim, o designer de interiores também pode atuar como consultor.

Quanto ganha um designer de interiores

O valor recebido varia bastante conforme a experiência e nível de profissionalização. Atualmente, segundo dados do portal VAGAS.COM, o profissional começa ganhando R$ 2.574, podendo ultrapassar os R$ 5.000 por mês. Como digo anteriormente, esse valor pode ser muito maior se considerar o caminho profissional que será seguido.

Formado em jornalismo, Fábio é um redator experiente que já escreveu para diferentes sites e portais. Contribui no Cursos para Iniciantes com dicas e notícias regulares.

Comente