Curso de Corte e Soldagem Subaquática Senai – Conheça o curso

Publicidade

Se você está em busca de uma profissão emocionante, valorizada no mercado e com um grande salário, o soldador subaquático é uma das melhores opções. Esses profissionais são chamados de mergulhadores soldadores, sendo responsáveis por todo tipo de corte e soldagem de baixo d’água. Hoje, o curso de Corte e Soldagem Subaquática do Senai é a melhor opção para você que deseja entrar nesse setor.

De todos os setores da indústria, o que mais contrata esse tipo de profissional é o setor naval. Como a necessidade de corte e soldagem nas embarcações é constante, as empresas precisam de profissionais qualificados para realizar os serviços com alta qualidade e dentro dos padrões de segurança. Esse tipo de soldador também pode se destacar em outros setores da indústria, como atuar em gasodutos, oleodutos, máquinas de perfuração do solo,  etc.

Publicidade

Como as buscas por informações a respeito do curso de corte e soldagem subaquática do Senai são altas, decidimos fazer este artigo com todas as informações que você precisa saber sobre a formação, como o preço, como se inscrever e muito mais.

Como é o curso de Corte e Soldagem Subaquática no Senai?

O curso tem como objetivo principal a capacitação para a realização de corte e soldagem subaquática nos mais diversos ambientes. O aluno aprenderá que todo esse procedimento precisa ser realizado com a utilização de todos os equipamentos de segurança.

Curso de Corte e Soldagem Subaquática Senai
Reprodução/Click Petróleo e Gás

O processo ensinado no curso é o eletrodo revestido, feito com a utilização de equipamentos adequados, sempre cumprindo com todas as normas de segurança. Como não se trata de um curso técnico, a formação tem uma carga horária que varia entre 80 e 100 horas.

Resumo do conteúdo ensinado no curso:

Publicidade
  • Técnicas básicas e avanças de soldagem;
  • Influência do teor de carbono;
  • Identificar descontinuidades;
  • Tipos de fontes de energia usadas na soldagem;
  • Transformação e retificação da corrente elétrica;
  • Parâmetros de soldagem e corte;
  • Tipos de cortes;
  • Cuidados com o oxigênio;
  • Execução de etapas;
  • Equipamentos e técnicas de proteção contra choques;
  • Planejamento de trabalho;
  • E muito mais.

Quem pode se inscrever?

Como se trata de uma profissão com um grau de risco elevado, o curso tem alguns pré-requisitos que precisam ser considerados. Por exemplo, além de ter mais de 18 anos e já ter concluído o ensino médio, é necessário ter concluído o curso de Mergulhador Profissional Raso, além do atestado médico hiperbárico.

Veja também:

Preço do curso de Corte e Soldagem Subaquática no Senai

Além disso, como possui centenas de unidades pelo país, o Senai pode oferecer o curso gratuitamente em alguns casos. Porém, caso prefira pagar, o curso não é muito caro, custando em torno de R$ 1.200,00. Esse valor ainda pode se pago no boleto bancário ou em várias vezes com o uso do seu cartão de crédito.

Como se inscrever no curso de Corte e Soldagem Subaquática Senai?

Caso você prefira efetuar a inscrição remotamente basta entrar no site da instituição mais próxima a você, clicando no botão “Faça Sua Matrícula”, seguindo todas as instruções para concluir o processo de matrícula. Nesse caso, é preciso que a instituição mais próxima ofereça a possibilidade de realizar a inscrição online.

A forma mais comum de fazer a inscrição é se dirigir até a unidade mais próxima com documentos básicos, como CPF, RG, comprovante de residência e de escolaridade.

Para encontrar a unidade mais próxima que oferece o curso em sua região, acesse o site do Mundo Senai.

Publicidade

Como já ficou claro, a formação oferecida pelo Senai é completa e ideal para tornar você um profissional qualificado no mercado, aumentando as chances de conseguir emprego. Um profissional capacitado costuma ter o risco recompensado com um grande salário.

No Brasil, o salário médio de um soldador subaquático varia de R$ 4.000 a R$ 8.000 por mês. Entretanto, o valor recebido varia conforme a experiência do profissional e a região de atuação.

Formado em jornalismo, Fábio é um redator experiente que já escreveu para diferentes sites e portais. Contribui no Cursos para Iniciantes com dicas e notícias regulares.

Comente